Artículos Sobre Fidel

Artigos | 09/10/2021 |

O Café La Habana, localizado na esquina das ruas Morelos e Bucareli, na Cidade do México, transcendeu como espaço de confluência do médico argentino Ernesto Guevara e do líder cubano Fidel Castro.
 

Artigos | 05/10/2021 |

O crime de Barbados resulta dessas feridas abertas pelo terrorismo desencadeado contra Cuba a partir dos Estados Unidos, cujo governo tem a ilha caribenha na lista dos países que promovem este flagelo, um paradoxo cínico.
 
É o que acreditam cubanos de várias gerações, marcadas por aquelas três palavras que ressoaram em 6 de outubro de 1976 na cabine do vôo 455 da Cubana de Aviación que decolou de Barbados para a Jamaica.
 ...

Artigos | 13/09/2021 |

A Dra. Yoandra Muro é lembrada por muitos pela notícia do sequestro de que foi vítima na Bolívia, durante o golpe contra o presidente Evo Morales em novembro de 2019.
 
O evento precisamente dito cortou a colaboração médica cubana naquela nação sul-americana.
 

Artigos | 16/09/2021 |

A água salgada arde nas feridas abertas do crânio, as mensageiras cubanas Lídia e Clodomira permanecem inertes em sacos de areia que seus torturadores submergiram a intervalos no mar hoje há 63 anos.
 
As investigações históricas coincidem em apontar este cenário como o último vivido pelos dois revolucionários, anteriormente indignados na Décima Primeira Delegacia desta capital durante a ditadura de Fulgencio Batista (1952-1958)....

Artigos | 13/08/2021 |

Quando na ficha escolar do Colégio de Belén estava escrito que (...) «Fidel tem madeira e não faltará o artista», talvez ninguém tenha pensado no extraordinário pacificador que aquele jovem que iria estudar Direito iria se tornar e de quem não havia dúvida de que encheria «o livro de sua vida de páginas brilhantes».
 

Artigos | 13/08/2021 |

Aos 19 anos, com o bacharelado nas mãos, uma menção singular apareceu no anuário dos licenciados do Colégio de Belén, uma premonição: «Ele conseguiu conquistar a admiração e o carinho de todos. Estudará Direito e não temos dúvida de que encherá o livro de sua vida de páginas brilhantes. Fidel tem madeira e o artista não vai faltar».
 

Artigos | 11/08/2021 |

Rompendo a solenidade do momento, como uma onda que ganha força, o clamor foi aumentando e, aos poucos, a Praça da Revolução se tornou um coro gigante com uma única frase: Eu sou Fidel.
 
Era a terça-feira, 29 de novembro de 2016, e o povo de Havana, em representação de toda Cuba, se reunia ali para homenagear o Comandante invicto que partia para a imortalidade.