Citas

“O ruído das armas, da linguagem ameaçadora, da prepotência no cenário internacional deve cessar. Chega já da ilusão de que os problemas do mundo possam ser resolvidos com as armas nucleares. As bombas poderão matar os famintos, os doentes, os ignorantes, mas, não podem matar a fome, as doenças, a ignorância.”
Referência ao texto original: Discurso proferido perante o XXXIV Período de Sessões da Assembléia Geral das Nações Unidas.

"Os Países Não Alinhados insistimos em que é necessário eliminar a abissal desigualdade que afasta os países desenvolvidos e aos países em vias de desenvolvimento. Por isso lutamos para suprimir a pobreza, a fome, a doença e o analfabetismo que padecem ainda centenas de milhões de seres humanos. Aspiramos a uma nova ordem mundial, baseada na justiça, na equidade e na paz (...)"

Referência ao texto original: DISCURSO PRONUNCIADO PERANTE O XXXIV PERÍODO DE SESSÕES DA ASSEMBLEIA-GERAL DAS NAÇÕES UNIDAS, REALIZADO EM NOVA IORQUE, 12 DE OUTUBRO DE 1979
"A paz, o desarmamento, a solução da dívida externa e a Nova Ordem Econômica são por isso questões inseparáveis. Se os estadistas dos países capitalistas desenvolvidos são incapazes de vê-lo assim, estarão admitindo o anacronismo, o egoísmo e toda a irracionalidade que encerra seu próprio sistema econômico e social, assim como sua incapacidade total para contribuir à solução dos problemas do mundo atual."
Referência ao texto original: Discurso proferido na sessão solene dedicada ao 25º aniversário do Movimento dos Países Não-Alinhados, em nome do grupo latino-americano, Harare, Zimbábue, 1 de setembro de 1986.

"Menos luxo e menos esbanjamento nuns poucos países para que haja menos pobreza e menos fome em grande parte da Terra. Não mais transferências ao Terceiro Mundo de estilos de vida e de hábitos de consumo que arruínam o meio ambiente. Faça-se mais racional a vida humana. Aplique-se uma ordem econômica internacional justa. Utilize-se toda a ciência necessária para um desenvolvimento sustentável sem contaminação".

Referência ao texto original: DISCURSO PROFERIDO PELO COMANDANTE-EM-CHEFE NA CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO, REALIZADA NO RIO DE JANEIRO, EM 12 DE JUNHO DE 1992
“Para as sociedades superdesenvolvidas o problema não é crescer mas sim distribuir, e não só distribuir entre elas, mas sim distribuir entre todos. O crescimento sustentável de que se fala é impossível sem uma distribuição mais justa entre todos os países.”
Referência ao texto original: Discurso ante a Primeira Conferência Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, Barbados, 5 de Maio de 1994.
“[…] Distribuam-se melhor as riquezas do mundo entre todas as nações  e dentro das nações; estabeleça-se uma verdadeira solidariedade entre os povos, e só então nossos sonhos de hoje poderiam ser  realidades de amanhã.”
Referência ao texto original: Discurso na Conferência Mundial sobre Desenvolvimento Social. Copenhague, Dinamarca, 12 de março de 1995
"Não somos simples espectadores. Este mundo é também nosso mundo. Ninguém pode substituir nossa ação unida, ninguém vai falar em nosso nome. Apenas nós e somente unidos, podemos rejeitar a injusta ordem política e econômica mundial que se tenta impor aos nossos povos."
Referência ao texto original: Discurso proferido na Décima Primeira Cúpula do Movimento dos Países Não Alinhados realizada em Cartagena de Índias, Colômbia.