Citas

"Se o império conseguisse obter novamente o controle de Cuba, não ficaria nem sequer uma só das escolas de estudos superiores criadas pela Revolução para oferecer esse direito a todos os jovens; a maioria seria enviado a cortar cana; é sua política declarada. Tentaria roubar os talentos artísticos e científicos já criados, como o faz com o resto dos países de nosso hemisfério. Dispor de mais de 70 mil especialistas em Medicina Geral Integral e outras centenas de milhares de profissionais, ajudar a outros entre os mais pobres e exportar serviços, é um pecado que não se pode tolerar a um povo do Terceiro Mundo. Afinal, temos resistido seu bloqueio, suas agressões e seus brutais atos de terrorismo durante quase meio século".

Referência ao texto original: BUSH, OS MILIONÁRIOS, O CONSUMISMO E O SUBCONSUMO, 10 de abril de 2008

"O quê decide o império visando concorrer com Cuba na área de nosso hemisfério? Enviar um enorme navio convertido em hospital flutuante que trabalha dez dias em cada país. Poucas pessoas podem ser ajudadas, porém está muito longe de resolver os problemas de um país; não compensa também não o roubo de cérebros nem pode formar os especialistas de que precisa para emprestar verdadeiros serviços médicos qualquer dia da semana e do ano. Todos os porta-aviões juntos, que agora são instrumentos de intervenção militar nos diversos oceanos da Terra, convertidos em hospitais não poderiam emprestar esses serviços aos milhões de pessoas que os médicos cubanos atendem em lugares afastados do mundo, onde parem mulheres, nascem crianças e há doentes que precisam de atendimento urgente".

Referência ao texto original: REFLEXÕES A FORMIGA E O ELEFANTE, 18 de junho de 2008
“Muitas das melhores inteligências do planeta são subtraídas de seus países de origem e colocadas ao serviço do sistema. É um império parasita e saqueador”.
Referência ao texto original: AS ELEIÇÕES DE 4 DE NOVEMBRO

A ignorância, o subdesenvolvimento, a dependência econômica, a pobreza, a devolução forçosa dos que emigram à procura de trabalho; o roubo de cérebros, e até as armas sofisticadas do crime organizado foram as conseqüências das intervenções e da pilhagem procedentes do Norte.

Referência ao texto original: O CAVALO DE TRÓIA, 2 de junho de 2009
“Cuba possui muitos bons esportistas, porém não os robou a ninguém. O povo desfruta, além disso, de seus maravilhosos desempenhos. Já faz parte de sua cultura, de seu bem-estar e de sua riqueza espiritual.”
Referência ao texto original: Reflexão do Comandante-em-Chefe “A constância escrita”. 7 de agosto de 2007