"Os médicos e o resto dos profissionais e técnicos da saúde cubana constituem uma força excepcional. Nenhum país tem algo semelhante; da mesma forma que os soldados internacionalistas da nossa ilha, formaram-se no combate. Suas missões no estrangeiro ajustam-se a rigorosas normas éticas. Os seus serviços são oferecidos gratuitamente ou se comercializam, segundo as circunstâncias do país receptor. Eles não são exportáveis".

Os cristãos sem bíblias, 2 de março de 2008