"Fidel Castro é o único estadista que pode de maneira audível e competente denunciar o avanço do domínio global da “aliança imperialista" - também chamada neoliberalismo - e que das 10 ou 15 figuras revolucionárias que surgiram no século passado, o cubano é o único que alcançou as suas metas, que a conseguido que o seu projeto revolucionário continue de pé e que, uma vez começado o novo milênio este progredindo."

ERNEST FURNTRATT-KLOEP, (psicólogo austríaco)