“Não se arrependam nunca do heroísmo, não se arrependam nunca da justiça, não se arrependam nunca da valentia, do atrevimento, porque foram os valentes, foi a gente firme, foram os atrevidos os que fizeram as coisas mais belas da história".

Discurso proferido diante de uma representação da colônia porto-riquenha, no distrito do Bronx, Nova Iorque, 23 de outubro de 1995